Carregando...

Serviços

Medicina Ocupacional


Qualidade, confiança e eficiência nos exames médicos clínicos e complementares.

PCMSO – Programa de Controle Médico De Saúde Ocupacional

O PCMSO é uma parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da empresa no campo da promoção e preservação da saúde do conjunto dos trabalhadores. Este documento técnico tem por objetivo atender a Norma regulamentadora NR-7 do Ministério do Trabalho e Emprego, aprovada pela Portaria nº 3.214, de 8 de junho de 1978, e com redação determinada pela Portaria nº 25, de 29 de dezembro de 1994; e a sua não apresentação em casos de fiscalização do Ministério do Trabalho é passível de multa.

A NR-7 determina a obrigatoriedade da elaboração e implementação do documento técnico PCMSO, cujo objetivo é o controle dos agentes nocivos identificados no PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) através da realização de exames ocupacionais.

Realização dos Exames:

Na admissão;
Na demissão;
Periodicamente;
No retorno de auxílio-doença ou acidente de trabalho;
Na mudança de função.

Exames complementares poderão ser exigidos, a critério médico, para apuração da capacidade ou aptidão física e mental do empregado para a função que deve exercer.

O Ministério do trabalho estabelecerá, de acordo com o risco da atividade e o tempo de exposição, a periodicidade dos exames médicos ou dos exames complementares.

O empregador deve manter no seu estabelecimento, o material necessário à prestação de primeiros socorros médicos, de acordo com o risco da atividade.

Exames Complementares

A partir do levantamento dos riscos ambientais, são definidos os exames complementares necessários para monitorização dos trabalhadores, entre eles:

-Audiometria ocupacional
-Espirometria
-ECG (Eletrocardiograma)
-EEG (Eletroencefalograma)
-Dinamometria
-Análises Laboratoriais (sangue, urina e fezes)
-Exames de imagem (raio-X, USG)

Na DRH, seu empregado realiza os exames complementares, inclusive a coleta de material biológico (sangue, urina) dentro da própria clínica, por laboratorio credenciado, reduzindo tempo com deslocamentos.

Atendimento In-Loco (Clínica Móvel)*

Se for de interesse da empresa, alguns exames poderão ser realizados na dependência da empresa, inclusive os exames complementares e coleta de laboratório; reduzindo ao máximo o absenteísmo de seus funcionários.

*Atendimento externo mediante agendamento. Necessário número mínimo de exames para agendamento externo.

Emissão de ASOS

O ASO é um documento que atesta a condição de aptidão do indivíduo em realizar suas atividades no seu local de trabalho, em virtude dos riscos ocupacionais aos quais o mesmo está ou estará exposto.

Serão emitidas 2 vias do ASO (a primeira via deverá ficar arquivada na empresa, e a segunda, obrigatoriamente entregue ao colaborador.)

Este documento é de extrema importância, pois permite a correta identificação do colaborador, quanto aos dados pessoais assim como aos procedimentos médicos a que foi submetido, caracterizando dessa forma, transparência na relação entre empresa e funcionário.

Para liberação do ASO é necessária além da consulta clínica, avaliação médica de todos os exames complementares realizados. O tempo médio de liberação é de 2 dias úteis, podendo variar em alguns casos de exames de laboratório (sangue ou urina) com tempo de liberação maior.

E-Social


O projeto eSocial é uma ação conjunta dos seguintes órgãos e entidades do governo federal: 1) Caixa Econômica Federal, 2) Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, 3) Ministério da Previdência – MPS, 4)Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, 5)Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB.

O Ministério do Planejamento também participa do projeto, promovendo assessoria aos demais entes na equalização dos diversos interesses de cada órgão e gerenciando a condução do projeto, através de sua Oficina de Projetos.

O eSocial é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados.

Desde 01/10/2015, está disponível a ferramenta que possibilitará o recolhimento unificado dos tributos e do FGTS para os empregadores domésticos: O Módulo Empregador Doméstico. A ferramenta surge para viabilizar a determinação dada pelo texto da Lei Complementar 150, publicada no dia 02/06/2015, que instituiu o SIMPLES DOMÉSTICO com as seguintes responsabilidades que serão recolhidas em guia única:

Imposto sobre a Renda Pessoa Física, se incidente - Trabalhador;
8% a 11% de contribuição previdenciária - Trabalhador;
8% de contribuição patronal previdenciária - Empregador;
0,8% de seguro contra acidentes do trabalho - Empregador;
8% de FGTS - Empregador;
3,2% de indenização compensatória (Multa FGTS) - Empregador.

A DRH te auxilia prestando todos os serviços necessários para cadastramento no banco de dados e envio das informações unificadas pelo sistema.

Qualidade de vida


Porque promover uma SAÚDE INTEGRAL para os trabalhadores é um dever do médico do trabalho e um direito para empregados e empregadores.

Programas de Medicina Preventiva e Qualidade de Vida

Além da coordenação do PCMSO, que tem como foco o controle biológico dos riscos ambientais aos quais os trabalhadores estão expostos, uma gestão completa de saúde ocupacional deve ser voltada à prevenção de comorbidades clínicas, que, embora não tenham relação direta com a atividade exercida, influenciam indubitavelmente sua atividade laboral.

A partir de levantamentos de dados clínicos dos colaboradores (pelos próprios exames ocupacionais) ou solicitação específica da empresa, gerenciamos programas de qualidade de vida com foco na prevenção e controle destas comorbidades clínicas que influenciam diretamente no rendimento do trabalhador e na taxa de absenteísmo da empresa.

Tratamentos em fases iniciais evitam piora do quadro clínico e afastamentos por crises. Doenças crônicas, mal controladas, geram consequências graves para a saúde de seu funcionário e de sua empresa. Deixe a DRH cuidar de vocês!

Exemplos de Grupos de Acompanhamento:

-Controle de Hipertensos;
-Controle de Diabéticos;
-Controle de Queixas Ortopédicas (pós-operatórios e dores crônicas).

Avaliação física


Avaliação de aptidão para atividades físicas e recreativas, segundo diretrizes da AHA (American Heart Association).

Para realização de atividades físicas em ACADEMIAS ou atividades ESPORTIVAS em geral, faz-se necessário uma avaliação médica prévia, criteriosa, acompanhada de ELETROCARDIOGRAMA (no mínimo) para confirmação das condições cardiorespiratórias do paciente.

As atividades anaeróbicas (musculação) podem necessitar cuidados com articulações e restrições a alguns exercícios, dependendo de cada caso.

Já para atividades recreativas em PISCINAS coletivas, realizamos também avaliações dermatológicas para atestar aptidão ao uso destes ambientes.

Atividade física é SAÚDE. Venha ter saúde com segurança na DRH!

Palestras e treinamentos


  • Hipertensão arterial;
  • Diabetes Mellitus;
  • Alergias;
  • Doenças infectocontagiosas (dengue, tuberculose...);
  • Orientação e acompanhamento de gestantes;
  • Primeiros socorros;
  • Tabagismo;
  • Alcoolismo, drogas;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Estresse (saúde mental);
  • Obesidade;
  • Doação de sangue e outros.
  • Qualidade de Vida
  • Prevenção e Combates a Incêndios
  • Ergonomia
  • Ruído
  • Equipamento de Proteção Individual e Coletiva
  • Elaboração de Ordens de Serviços (NR1)
  • Treinamento, constituição e formação da CIPA e designado (NR5)
  • Organização de eventos e palestras para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT). (NR5)
  • Treinamento e conscientização sobre o uso de EPIs e EPCs (NR 6)
  • Elaboração e gestão de PCMSO e PPRA (NR7 e NR9)
  • Treinamento NR10
  • Treinamento sobre Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais (NR11)
  • Treinamento especifico sobre adequação em máquinas e equipamentos (NR 12)
  • Treinamento para Operador de Caldeiras NR 13
  • Elaboração de LTCAT- Elaboração de Laudo de Insalubridade (NR15)
  • Elaboração de Laudo de Periculosidade (NR16)
  • Elaboração de Análise Ergonômica (NR17)
  • Elaboração de PCMAT (NR18)
  • Projeto para adequação (NR19)
  • PGR (Programa de Gerenciamento de Resíduos) – NR22
  • Treinamentos de Brigada de Incêndio (NR23)
  • PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário)
  • PCA (Programa de Controle Auditivo)
  • PPR (Programa de Prevenção Respiratória)
  • PPR – Programa de Proteção Radiológica
  • Treinamento de Espaço Confinado (NR33)
  • Treinamento de Trabalho em Altura (NR35)
  • Treinamento de Primeiros Socorros
  • Treinamento para Operador de Empilhadeira
  • Mapa de Risco
  • Ginástica Laboral
  • Análise Quantitativa e Qualitativa para Riscos Ambientais.